Crônicas subterrâneas

Oitavo jogo, 19/04/2009

O adeus de Esmaim e o surgimento de novos membros.

Ao saírem do Cárcere 6384 com Natana, eles seguiram viagem de volta a cidade, mas coisas ainda estavam muito estranhas, o que já não era mais novidade desde que entraram nos Subterrâneos…

Natana se revelou uma boa guia, embora demorasse um pouco para reconhecer os infindáveis caminhos dos Subterrâneos inferiores. De volta à cidade, decidiram que o melhor a fazer era procurar os ingredientes que ainda faltavam. Natana disse que talvez pudesse guiá-los até o algum Devorador de aranhas, a criatura que possuía um dos componentes que ainda faltavam. Sem muitas opções, decidiram seguir com ela para procurar o raro monstro. Mas a companhia de Esmaim era um pouco desconfortável para aquilo, como a própria Natana avisou a eles. Afinal, Esmaim era apenas uma garota, sem qualquer treinamento em combate. Ainda assim, decidiram seguir adiante, levando-a.

Natana os guiou através das cavernas escuras por vários minutos. Ao longo do caminho, Dorbaldor acabou sentindo três portais, embora decidisse não investigar nenhum deles. Passando por obstáculos naturais aqui e ali, logo encontraram um rústico acampamento em meio a uma clareira, onde três grandes Orcs pareciam discutir. Uma grande barraca estava armada e era possível ver algumas pessoas lá dentro, o que incomodou a todos, principalmente Lino.

Enquanto decidiam como prosseguir, um Drow se aproximou do acampamento e começou a discutir com as criaturas, parecendo estar relacionado a elas de alguma forma. Decidindo atravessarem, Barbárius comunicou-se com as criaturas dizendo que não ofereciam perigo. Elas, ainda que desconfiadas, acabaram deixando que passassem por eles, já que não havia outro caminho a seguir. Mas o tratamento dado pelos Orcs às pessoas dentro das barracas, visivelmente sendo levadas para se tornarem escravos, acabou por incomodar demais Lino e ele decidiu libertá-las.

Sem escolha, um combate se iniciou entre eles. O Drow se revelou um Mago com algum poder, mas, embora difícil, venceram as criaturas com uma única baixa, que era o temor de Lino: Esmaim foi mortalmente ferida por uma Bola de fogo lançada pelo Mago, matando-a instantaneamente.

Enquanto Lino lamentava suas escolhas, o grupo soltou os prisioneiros, que eram compostos pelo guerreiro Darth, a mercenária Dóris e a jovem Sedéria, que estavam sendo levados para serem vendidos como escravos.

Ressentido com a perda de Esmaim, Lino acabou adotando a jovem Sedéria como sua protegida, jurando evitar acontecer com ela o que aconteceu com Esmaim.
Seguiram viagem e, após vários minutos de caminhada, acabaram encontrando uma ampla clareira, onde uma misteriosa criatura invisível os questionou sobre seus objetivos. Aparentando ser um Dragão, a criatura, ainda que orgulhosa, revelou-se tolerante a eles que decidiram até mesmo pedir sua ajuda.

A criatura ouviu um resumo da história da busca dos ingredientes e, com alguma desconfiança, disse que se eles matassem os mortos-vivos que estavam numa caverna próxima, ela os ajudaria. Ainda que desconfiados, decidiram seguir o estranho guia de ossos que ela criou e partiram em busca da caverna, sem saber o destino que os aguardava…

Comments

kio

I'm sorry, but we no longer support this web browser. Please upgrade your browser or install Chrome or Firefox to enjoy the full functionality of this site.